Vacina PENTAVALENTE para Bebê Entenda cada ponto

Logo no primeiro ano de vida, a criança precisa receber algumas vacinas que as mantém protegidas de algumas doenças. Todos nós entendemos o quanto é difícil para uma criança tão nova ainda, ter que se submeter a tantas agulhadas em tão pouco tempo, não é mesmo?

Além disso, tem os cuidados da mãe ou responsável que precisa ir a um posto de saúde e levar o bebê para receber essas vacinações, pois nem sempre existe aquele tempo disponível e ainda tem a possibilidade de esquecer.

Para facilitar tudo, foi criada a Vacina Pentavalente para bebê, dessa forma, com uma vacina apenas a criança fica protegida de 5 doenças. Veja a seguir quais são essas doenças.

Doenças Combatidas

Difteria

A Difteria é uma doença causada por um bacilo que geralmente se acomoda na região das Amídalas, Faringe, Nariz e Laringe. O contágio acontece através de um contato direto com outra pessoa contagiada através de gotas de saliva eliminadas pela tosse, por um espiro ou mesmo ao falar.

Coqueluche

A Coqueluche é uma doença infecciosa aguda e contagiosa causada pelo bacilo Bordetella Pertussis. Essa doença pode comprometer o aparelho respiratório, especialmente os Brônquios e a Traqueia.

Tétano

Essa é uma doença não contagiosa que é causada pela infecção da bactéria Clostridium Tetani que pode entrar no organismo através de ferimentos ou lesões de pele. A doença pode acometer pessoas de todas as idades, mas pode ser evitada através da vacinação.

Hepatite B

A Hepatite B causa a inflamação do Fígado por conta da ação do vírus da Hepatite B (HBV). Essa infecção pode acontecer através do sangue, corrimento vaginal, sêmen, e por qualquer contato corporal de alguém que já se encontra contaminado pelo vírus.

Bactéria Haemophilus Influenzae tipo B

A ação da vacina Pentavalente também acontece contra essa bactéria que pode causar muitas doenças, tais como:

  • Otite
  • Pneumonia
  • Meningite
  • Inflamações na Epiglote
  • Infecções na corrente sanguínea.

Sabendo disso, podemos dizer que na verdade, não são apenas 5, as doenças contra as quais a vacina Pentavalente protege, pense nisso.

Composição da vacina Pentavalente – a vacina Pentavalente contém:

  • Suspensão celular inativada de Bordetella Pertussis
  • Toxóides de Difteria e Tétano
  • Antígeno de Superfície de Hepatite B (HBs-AG)
  • Oligossacarídeos conjugados de Haemophilus Influenza tipo B

Quando é feita

A vacina deve ser feita em 3 doses, aos 2 meses de idade, aos 4 meses de idade e aos 6 meses de idade, sempre com o intervalo de 60 dias, mas se por um acaso se achar necessário, o intervalo poderá ser reduzido para 30 dias apenas.

Depois ainda será necessário 2 reforços da vacina, sendo que o primeiro acontece entre 6 e 12 meses após a aplicação da terceira dose enquanto que o segundo reforço é aplicado mais tarde com a criança já com 4 ou 6 anos de idade. Ainda devemos lembrar que o último prazo dessa vacinação é o dia anterior ao aniversário de 7 anos da criança.  

Como é feita a vacina – a dose de vacina Pentavalente é de 0,5 ml que é administrada por via intramuscular no músculo vasto lateral da coxa quando em crianças com menos de 2 anos de vida. Já para as crianças com mais de 2 anos de idade, a aplicação é feita no ombro, mais precisamente na região Deltoide.

Reações no Bebê

Quando da aplicação da vacina pentavalente para bebê, pode ocorrer algumas reações, o que se considera normal, são elas:

  • Inchaço na região onde a vacina foi aplicada (temporário)
  • Sensibilidade na região da aplicação
  • Dor de cabeça
  • Febre
  • Vermelhidão no local da aplicação.

Em algumas situações pode acontecer de a criança apresentar outros sintomas que aparecerão dentro de 24 horas após a aplicação. São eles:

  • Febre alta
  • Tontura
  • Fadiga
  • Choro persistente

Em situações muito raras pode acontecer de a criança apresentar convulsões acompanhadas de febre.

Contra-indicações da vacina

  • A vacina Pentavalente não deve ser aplicada em crianças que apresentem hipersensibilidade a algum dos componentes
  • Crianças que tenham apresentado alguma reação mais grave na primeira dose da vacina, também não devem receber as outras doses
  • Crianças que apresentam algum quadro neurológico em atividade também não devem receber a vacina.

Mulheres em período de gestação não devem tomar a vacina se acaso existem riscos de se exporem alguma doença.

Onde Fazer a vacina

A vacina Pentavalente para bebê é indicada para crianças a partir de 2 meses de vida e está disponível nas redes públicas de saúde (SUS). Além disso, elas podem ser fornecidas em clínicas particulares e alguns planos de saúde também cobrem os custos dessa vacina.

Preço – para quem desejar buscar pela vacina em uma rede de saúde privada, vai pagar um valor médio de R$ 200,00 reais pela vacina

Nota – existem alguns boatos de que a vacina Pentavalente encontrada nas redes privadas de saúde é mais eficaz do que aquela encontrada nos Postos de Saúde, porém, isso é uma inverdade. a diferença de uma vacina Pentavalente encontrada nas redes de saúde particulares é que ela é Acelular enquanto que a vacina fornecida no Posto de Saúde é composta de células inteiras.

Apesar de haver essa diferença, as duas são perfeitamente qualificadas para proteger contra as doenças citadas.

Importante – cada dose dessa vacina deve ser tomada em tempo certo, nunca antes da hora e também, não muito depois do prazo previsto. Por isso, é importante que cada criança tenha sua carteirinha de vacinação para facilitar o controle desta e outras vacinas que precisarão ser administradas.

Leia também:
Remédio e Pomada para Catapora ( Tratamento adultos e Crianças )

Remédios para Vermes em Crianças e Bebês

Pomada para Clarear a Virilha e Axilas, Tratamento

Pomada para Rosácea na Pele ( Tratamento Completo )

Antiinflamatório para Furada de Prego no pé, Tratamento