Remédio e pomada Alprostadil para Disfunção Erétil ( 86% de funcionamento )

 

A disfunção erétil é um problema nos homens que pode ser provocado por fatores variados. Por vezes, o problema é facilmente contornado porém, existem casos em que é necessário fazer algum tratamento.

E quando isso acontece, nem precisamos comentar sobre os constrangimentos, o que pode inclusive afetar o relacionamento conjugal. Também sabemos que situações como essas, são motivos suficientes para que a esposa suspeite do esposo.

Por isso, vamos agora, tecer alguns comentários sobre a remédio e pomada Alprostadil para disfunção erétil. Esse medicamento que deve ser recomendado por um médico responsável, é de grande ajuda para resolver o problema.

Entretanto, antes de falarmos sobre esse medicamento, vamos comentar um pouco sobre esse problema que é muito temido pelos homens.

Impotência e perda de Ereção

Ao contrário do que muita gente acredita, a Impotência não pode ser assim chamada apenas por conta de uma perda de ereção. Na verdade só se caracteriza a Impotência quando a perda de ereção é permanente.

A chamada perda de ereção é muito comum nos homens. Entretanto, ela não deve preocupar de fato, se não for rotineira. Fatores relacionados ao estresse, ansiedade, cansaço, tabagismo, alcoolismo e algumas doenças podem contribuir diretamente com a perda de ereção.

Estudos indicam que os problemas emocionais são responsáveis por aproximadamente 70% dos casos de perda de ereção. Além disso, uma disfunção orgânica pode ser responsável por aproximadamente 30% dos casos.

Por vezes ainda, podem existir casos em que o homem apresente uma alteração na anatomia do pênis. Com toda a certeza, esse também pode ser um motivo para que a perda de ereção aconteça.

Diante de situações como essas, o indivíduo deve buscar pela ajuda médica para saber o que, de fato, está acontecendo. Vale lembrar que somente o médico é quem poderá apresentar o diagnóstico correto e o tratamento.

Então, entre as opções em medicamentos recomendados pelos médicos está o Alprostadil do qual vamos falar a partir de agora.

Alprostadil – Princípio Ativo

O remédio e pomada Alprostadil para disfunção erétil são bastante recomendados para a disfunção erétil. O medicamento é recomendado quando o problema com a ereção é de origem neurológica, psicogênica, vascular ou mista.

  • Falando um pouco sobre o medicamento na forma injetável – este é encontrado em duas concentrações: ampolas com 10 mcg de Alprostadil e ampolas com 20 mcg de Alprostadil.

O paciente deve ter consciência de que estará usando a concentração correta estipulada pelo médico.

Como utilizar o medicamento na forma de injeção – Alprostadil é um medicamento que deverá ser aplicado por injeção intra-cavernosa direta. Para isso, é utilizada uma agulha muito fina, calibre entre 27 e 30.

Todavia, a dosagem a ser utilizada deverá ser estipulada pelo médico responsável que antes, irá fazer uma avaliação clínica do paciente.

Efeitos adversos desse medicamento – em geral, os efeitos adversos provocados pela injeção de Alprostadil são:

  • Dor peniana de intensidade leve ou moderada,
  • Fibrose Peniana,
  • Nódulos fibróticos,
  • Doença de Peyrone.

Entretanto, os três últimos efeitos adversos são mais incomuns.

Contra-indicações – o uso de Alprostadil é contra-indicado nas seguintes situações:

  • Para pacientes com sensibilidade ao Alprostadil,
  • Para pacientes com deformidade anatômica do pênis, tais como: doença de Peyronie, Angulação ou fibrose cavernosa,
  • Para pacientes com implante peniano,
  • Para pacientes cuja atividade sexual é desaconselhada,
  • Para pacientes predispostos ao Priapismo,
  • entre outras condições.

Como utilizar a pomada

Apesar de não apresentar os melhores resultados em comparação a injeção, a pomada de Alprostadil é bastante recomendada. Como resultado disso, muitos pacientes até tem reclamado da eficácia do medicamento.

Encontrado na forma de creme ou gel, na verdade, os efeitos do medicamento, nesse caso, são de curta duração. A vantagem é que na forma de pomada ele não provoca dores penianas.

O medicamento é aplicado com o auxílio de uma caneta de silicone sem maiores dificuldades.

Efeitos adversos – o Alprostadil na forma de pomada pode provocar os seguintes efeitos adversos:

  • Hematomas ou manchas na região onde a pomada é aplicada,
  • Rompimento dos vasos sanguíneos na região peniana,
  • Ereção que pode durar de 4 a 6 horas.

Como funciona esse medicamento

O remédio e pomada Alprostadil para disfunção erétil age sobre os vasos sanguíneos provocando a dilatação. Com isso, melhora a circulação do sangue na região do pênis.

Como resultado desses efeitos, as ereções vão acontecer de forma mais espontânea e resolver o problema.

Porém, precisamos lembrar de que, mesmo com a possibilidade da dor no pênis, o medicamento na forma injetável, ainda promove os melhores efeitos.

Convém lembrar também de que esse medicamento também pode ser encontrado na forma de supositório. Porém, para os homens, essa não é a forma preferida para usá-lo.

Preços e onde comprar

Com respeito aos valores desse medicamento, podemos afirmar de que ele não é barato. Na verdade, o valor pode variar de acordo com a forma que ele é buscado.

Trata-se de um medicamento que só pode ser adquirido mediante a receita médica e os valores podem variar de R$ 480,00 reais a R$ 950,00 reais.

No que diz respeito aos valores desse medicamento, também precisamos levar em conta a região e o estabelecimento onde ele é buscado.

Nota importante – mesmo sabendo dos constrangimentos que a disfunção erétil confere aos homens com o problema, deve-se avaliar a ideia de buscar por soluções em medicamentos mais naturais.

Sabe-se que o Alprostadil é, de fato, uma solução eficaz, mas é preciso avaliar seu uso por conta dos riscos à saúde dos usuários.

 

 

 

Leia também: