Óleo Mineral tanto para pele quanto Intestino

Muitas vezes os problemas de pele podem ser influenciados pelos problemas digestivos e muita gente corre em busca de uma solução prática para deixar a pele mais bonita e hidratada.

Por isso, vamos agora tecer alguns comentários sobre o óleo mineral que traz benefícios tanto para a pele como para o intestino o que consequentemente garante vantagens para todo o organismo.

Composição do Óleo Mineral

Esse Óleo de origem mineral é um produto extraído do refinamento do petróleo. Trata-se de uma substância gordurosa incolor e também é conhecido como Parafina Líquida ou Vaselina.

A partir da destilação do petróleo é obtido uma mistura complexa composta de Hidrocarbonetos (naftalenos e parafinas) além de moléculas de carbono e hidrogênio dando origem a esse óleo com tantos benefícios para o ser humano.

Utilizado como Laxante intestinal

O Óleo Mineral também pode ser usado como laxante, pois este, no intestino, age como uma “barreira lubrificante” sobre a parede intestinal, agindo como um laxante de grande poder. Por conta disso, o óleo ajuda a combater a prisão de ventre e até mesmo para quando o cólon precisa ser esvaziado em preparos para exames.

Nota – apesar de sua eficácia como laxante, é importante ter cuidado no tratamento. Um tratamento prolongado com esse óleo pode causar efeitos negativos sobre o próprio intestino, pois existe o risco de irritação na mucosa intestinal e outros danos ao órgão.

Como usar esse óleo como laxante – para evitar os excessos e causar danos ao organismo, a recomendação quanto ao uso desse produto deve partir de um médico especialista.

Em geral, a recomendação para o tratamento é de 2 colheres (sopa) ingeridas durante o dia, preferencialmente em casa para evitar possíveis constrangimentos.

Para queimadura na pele

Sem percebermos, nossa pele é facilmente afetada pelos raios do sol que pode causar algumas queimaduras mais acentuadas que causam desconforto e preocupação devido ao vermelhidão, ardência e ressecamento da pele obscurecendo a sua beleza.

Além disso, nos bebês, também é muito comum ocorrer a assadura provocada pela fralda, o que também causa desconforto para criança e ainda favorece as infecções por bactérias.

Pois também para essas situações, o óleo de origem mineral garante seus benefícios, lembrando que ele age como hidratante e com isso, confere alívio imediato a essas complicações na pele de crianças e adultos.

Nota – para usar no combate às assaduras no bebê, melhor é usar o óleo sem perfume. Isso vai evitar os riscos de reação alérgica na pele da criança.

Como usar o óleo na pele – a forma correta de usar esse óleo para combater as assaduras e queimaduras provocadas pelo sol é aplicar o produto sobre a pele sempre com camadas bem finas para facilitar a absorção.

As aplicações devem ser feitas até 3 vezes durante o dia de maneira que o óleo possa secar naturalmente.

Para Hidratação da pele

Entre as propriedades que beneficiam o corpo humano, o óleo tem ação hidratante para o corpo. Dessa forma ele garante muitas vantagens para aqueles que desejarem tratar da pele que sofre bastante com o ressecamento pela ação do vento frio nos dias de inverno.

O óleo também ajuda a reter a água na pele, o que ajuda a nutri-la para mantê-la elástica e sempre jovem.

Esse óleo pode não ser percebido, mas ele está presente em muitas fórmulas de produtos de beleza, servindo como base devido ao seu alto poder hidratante.

Como usar esse óleo – esse óleo de origem mineral deve ser aplicado sobre a pele com camadas bem finas. Mas é importante observar se a pele não ficará muito oleosa.

Em algumas situações pode ser necessário misturá-lo a algum tipo de creme hidratante para facilitar a absorção pela pele.

Para Hidratação do Cabelo

Apesar de exigir alguns cuidados quanto ao seu uso, esse óleo extraído do petróleo por apresentar uma ação hidratante, também confere muitos benefícios para a saúde dos cabelos, sendo indicado para tratar os cabelos secos e quebradiços para deixá-los brilhantes e cheios de vida.

Porém, para evitar que os cabelos se tornem oleosos, a recomendação é que o tratamento seja feito apenas 1 ou 2 vezes na semana. Esse é o único cuidado exigido com respeito ao uso do óleo para tratar os cabelos.

Como fazer o tratamento dos cabelos –  o tratamento consiste em aplicar algumas gotas do óleo nos cabelos ainda úmidos depois do banho. A aplicação deve ser feita em combinação com um creme de pentear.

Contra-indicações ao Óleo Mineral

Apesar dos muitos benefícios que o óleo mineral pode oferecer, também existem alguns efeitos colaterais que merecem atenção, tais como:

  • Diarreia,
  • Sangramento retal,
  • Náuseas,
  • Inchaço,
  • Cólicas,
  • Irritação da pele,
  • Erupções cutâneas,
  • Insuficiência respiratória,

Além disso, existem algumas reações alérgicas que podem ocorrer quando o produto é aplicado na pele, tais como:

  • Vermelhidão na pele,
  • Coceira,
  • Urticária,
  • Erupções na pele.

Contra-indicações – esse óleo derivado do petróleo é contra-indicado nas seguintes situações:

  • Para idosos,
  • Para mulheres gestantes,
  • Para mulheres que estão amamentando,
  • Para crianças menores de 6 anos de idade.

Além disso, o óleo não pode ser usado em tratamentos prolongados, pois existem sérios riscos para a saúde.

Quanto Custa

O valor desse óleo de origem mineral pode variar bastante no mercado, pois depende da sua apresentação e também da marca. Mas para termos uma noção desses valores, estes podem variar de R$ 9,00 reais até R$ 45,00 reais.

Dica – ao ser buscado nas lojas online, certamente os valores serão mais acessíveis, vale a pena conferir.

Leia também:
Chá de Alcachofra, Seus Benefícios, para que Serve, Recomendações

Pomada para Queloide Pós cirurgia ( Tenha a pele perfeita )

Remédio e Pomada para Alopecia Indicações de Uso Queda de Cabelo

Benefícios do Açafrão para Saúde, para que Serve

Carne de Cordeiro benefícios para Saúde, Como preparar